Danos no Paraná são pontuais

Por: IBRAFE,

28 de março de 2024

Responsive image
O mercado ontem nas fontes foi bastante calmo, com raríssimos negócios reportados. Muitas empresas, percebendo a boa disposição de venda dos produtores, preferiram deixar para a próxima semana o retorno às compras. O levantamento realizado pela Engenheira Agrônoma Fernanda Chemim, em conjunto com agrônomos e produtores do Paraná, concluiu que existem lavouras esparsas com alguma perda por diferentes motivos, mas as condições no geral continuam ótimas no campo.
As preocupações levantadas pelos produtores em relação a danos na floração e formação de vagens nas lavouras de Feijão no Paraná são pontuais e variadas entre as regiões até o momento. 
 
Muito provavelmente, as chuvas isoladas têm sido a causa desses efeitos, que se apresentaram mais na soja, especialmente no Noroeste e Oeste do estado. Nessas áreas, as condições climáticas, o excesso de calor dos últimos dias e as chuvas isoladas podem ter tido impacto negativo durante a fase de florescimento.
As lavouras classificadas como em condições...

Mais
Boletins

Primeira safra teria sido mais lucrativa para Feijão-preto
23/04/2024

Preços atrativos motivam mais negócios
22/04/2024

Exportação já beneficia o setor e produtividade tem toda atenção
19/04/2024

Tempo e preço: confusões de início de colheita
18/04/2024

Feijão-carioca - Todos no limite
17/04/2024