Danos no Paraná são pontuais

Por: IBRAFE,

28 de março de 2024

Responsive image
O mercado ontem nas fontes foi bastante calmo, com raríssimos negócios reportados. Muitas empresas, percebendo a boa disposição de venda dos produtores, preferiram deixar para a próxima semana o retorno às compras. O levantamento realizado pela Engenheira Agrônoma Fernanda Chemim, em conjunto com agrônomos e produtores do Paraná, concluiu que existem lavouras esparsas com alguma perda por diferentes motivos, mas as condições no geral continuam ótimas no campo.
As preocupações levantadas pelos produtores em relação a danos na floração e formação de vagens nas lavouras de Feijão no Paraná são pontuais e variadas entre as regiões até o momento. 
 
Muito provavelmente, as chuvas isoladas têm sido a causa desses efeitos, que se apresentaram mais na soja, especialmente no Noroeste e Oeste do estado. Nessas áreas, as condições climáticas, o excesso de calor dos últimos dias e as chuvas isoladas podem ter tido impacto negativo durante a fase de florescimento.
As lavouras classificadas como em condições...

Mais
Boletins

Preço mínimo do Feijão desestimula o plantio
17/07/2024

Produtores buscam compradores
16/07/2024

Mercado segue com acelera e freia
15/07/2024

CONAB superestima a safra de Feijão deste ano
12/07/2024

Depois de uma terça-feira agitada voltou a calma no mercado
11/07/2024