Produção do Paraná terá quebra considerável

Por: IBRAFE,

11 de junho de 2024

Responsive image

Mercado de Feijão apresentou procura dentro do normal ontem, mas os preços permaneceram estáveis em geral. Alguns empacotadores que esperavam ter um maior volume de Feijão-preto estocado estão enfrentando volumes abaixo do desejado. A pergunta que surge é: quanto Feijão-preto temos efetivamente disponível? Resolver essa equação não é tarefa fácil. Precisaremos observar a quantidade exportada ao longo de junho e julho e estimar o estoque de Feijão de qualidade inferior nos armazéns do Paraná. Uma indicação de que o volume pode ser bem menor do que a estimativa da SEAB e é pouca a movimentação em busca de apoio da CONAB com preços mínimos. Além da qualidade afetada pelas chuvas não há grandes reclamações nesta safra, o que seria de se esperar houvesse uma safra de 700 mil toneladas colhida no Paraná.  Produtores não têm dificuldades em encontrar liquidez para Feijão de boa qualidade. Quanto ao Feijão-carioca, há indícios de que o...

Mais
Boletins

Semana começa com queda de preços nas fontes
23/07/2024

Produtores armazenam olhando para o final do ano
22/07/2024

Goianos dão um basta
19/07/2024

Perdas em São Paulo não impedem recuo nos preços do Feijão-carioca
18/07/2024

Preço mínimo do Feijão desestimula o plantio
17/07/2024