Paraná chega a 50% colhido e os preços seguem estáveis

Por: IBRAFE,

20 de janeiro de 2023

Responsive image

Mercado com bom movimento no campo, que resultou em um volume um pouco maior na quarta-feira e na quinta-feira. O importante, volto a destacar, é que até agora os preços não recuaram. 
No Paraná, oficialmente estavam colhidas 38% da área na semana passada e pode-se afirmar com segurança que já ultrapassamos os 50% de todo Feijão que teria para ser colhido no estado. Lotes com qualidade inferior podem e devem ter mesmo preços inferiores em relação ao Feijão-carioca extra, ou seja, nota 9/9,5. 
No caso do Feijão-preto, há compradores, mas nos níveis que o produtor precifica os negócios estão lentos. Na medida que nos aproximarmos do período final deste mês e início do próximo, deveremos ter um maior volume de negócios e a demanda deverá ser maior, determinando novo patamar de preços.

Mais
Boletins

Mercado de Feijão-carioca e Feijão-preto calmo
31/01/2023

Paraná – Atraso na colheita e no plantio de Feijões
30/01/2023

Chuvas dão trégua
27/01/2023

Janeiro decepcionante volume de vendas
26/01/2023

Muito movimento no campo
25/01/2023