Feijão-preto exigirá estratégia especial do produtor

Por: IBRAFE,

06 de fevereiro de 2024

Responsive image

Vai dia e vem dia, e o impasse continua. Os produtores de Feijão-preto não baixam os preços, e quem precisa comprar precisa reajustar os números. Para o Feijão-preto, significa voltar a pagar cada dia mais próximo dos R$ 400 ao produtor para mercadoria Tipo 1.

Os números do último levantamento da SEAB (Secretaria de Agricultura do Paraná) apontam para 607 mil toneladas de Feijão, sendo que cerca de 60% normalmente é de Feijão-preto. No entanto, este ano há indicações de que este percentual passará dos 75% no Paraná. A produção poderá chegar a 27% a mais do que as 480 mil toneladas do ano passado. Até agora, o fator principal para este crescimento, segundo a SEAB, é devido à estimada produtividade maior em 22% em relação ao ano passado.

Os sementeiros apontam que o aumento de...

Mais
Boletins

La Niña pior em 70 anos
23/02/2024

Feijão-carioca ganha mais espaço nos pratos
22/02/2024

O TÊNUE EQUILÍBRIO deste momento
21/02/2024

Mercado Firme com boa procura para os raros lotes nota 8,5 ou melhor
20/02/2024

Mercado Firme para os Feijões
19/02/2024