Feijão-carioca está 17% mais barato do que há 1 ano

Por: IBRAFE,

23 de outubro de 2023

Responsive image

Cada mês tem suas peculiaridades na formação dos preços dos Feijões. Neste mês, estamos vendo a importância para o abastecimento nacional dos estados de Minas Gerais e Mato Grosso, que recebem a maior parte da produção nacional de Feijão-carioca. Soma-se às lavouras que começaram a ser colhidas no estado de São Paulo, contribuindo também para o mercado interno. No entanto, o cenário não é muito diferente de outros anos. Mesmo com um estoque um pouco maior em comparação com o ano passado, a trajetória dos preços deve ser semelhante. 

A partir do dia 20 de outubro do ano passado, os preços começaram a subir. Veja no gráfico como foram os valores a partir de 21 de outubro. O Feijão-carioca saiu de R$ 272, chegando ao final de dezembro a R$ 380, o que representou um aumento de 39%. Portanto, hoje temos um preço cerca de 17% menor do que há um ano. Entretanto, a realidade deste ano é um pouco...

Mais
Boletins

La Niña pior em 70 anos
23/02/2024

Feijão-carioca ganha mais espaço nos pratos
22/02/2024

O TÊNUE EQUILÍBRIO deste momento
21/02/2024

Mercado Firme com boa procura para os raros lotes nota 8,5 ou melhor
20/02/2024

Mercado Firme para os Feijões
19/02/2024