Produtores de Feijão do Paraná podem perder a janela da segunda safra

Por: IBRAFE,

14 de outubro de 2022

Responsive image

Durante o dia de ontem colocamos especial atenção nas condições das lavouras do Paraná em função das chuvas e a piora das condições do tempo nas últimas 48 horas. Diversos produtores e agrônomos fizeram contato e relataram a mesma situação bastante preocupante. No sudoeste do Paraná, onde as chuvas estão mais intensas, da primeira safra, apenas cerca de 4% da área plantada ocorre naquela região. Porém produtores que multiplicam grãos para plantio da segunda safra estão relatando, na grande maioria, perda de 100% das lavouras naquela região do estado. Na região sul do Paraná, que é responsável por 80% do Feijão-preto da primeira safra a situação é diferente, mas também complicada. Agrônomos da região ontem avaliavam que o atraso do plantio da primeira safra, que vem acontecendo com cerca de 35/40% da área, eliminará a possibilidade de plantar a segunda safra pela perda da janela ideal.
Sendo as regionais de Curitiba, União da Vitória e Irati responsável por volume acima de 50% do Feijão colhido entre dezembro e fevereiro, o fato de algumas lavouras terem sido replantadas e agora ainda…

Mais
Boletins

Feijões de São Paulo terminando
07/12/2022

Previsibilidade e segurança: chaves para exportar
06/12/2022

Embarcando para Brasília
05/12/2022

Forma-se a tempestade perfeita e a colheita de caupi em São Paulo
02/12/2022

Produtor recua e não aceita oferta mais baixa
01/12/2022