Em 16 dias o ano comercial termina

Por: IBRAFE,

30 de novembro de 2023

Responsive image

Estamos a apenas 16 dias das férias coletivas de final de ano. Ainda assim a tensão presente no setor não dá trégua. Foi percebido ontem menor volume de negócios nas fontes. Porém, com manutenção dos preços e com produtores testando os compradores com pedidas mais altas. Nas lavouras de São Paulo a colheita caminha para o final. Um caso curioso ocorre com o Feijão-preto que perdeu a referência com indicações CIF São Paulo, por exemplo, na casa dos R$ 420/430. 
Algumas grandes redes que tem contrato sendo entregue de Feijões com valores bem mais baixos do que os atuais fazem questão de vender até sem margem para atrair clientes das redes menores que já tem nas prateleiras os novos preços. Há relatos de que pequenos varejistas estão,...

Mais
Boletins

La Niña pior em 70 anos
23/02/2024

Feijão-carioca ganha mais espaço nos pratos
22/02/2024

O TÊNUE EQUILÍBRIO deste momento
21/02/2024

Mercado Firme com boa procura para os raros lotes nota 8,5 ou melhor
20/02/2024

Mercado Firme para os Feijões
19/02/2024