Programa PEIEX leva capacitação especializada à cadeia do Feijão, Pulses e Gergelim

Por: IBRAFE,

24 de maio de 2024

Responsive image

Em uma iniciativa inovadora, o Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) da ApexBrasil, em parceria com o Instituto Brasileiro do Feijão, Pulses e Colheitas Especiais (IBRAFE) está direcionando esforços para fortalecer a cadeia produtiva do Feijão, Pulses e Gergelim. O desdobramento do programa, chamado de PEIEX Feijão e Pulses visa atender às demandas específicas de capacitação identificadas nesse setor estratégico.

O processo de capacitação, totalmente online, abrange de três a quatro meses, durante os quais os participantes têm acesso a um plano de trabalho minuciosamente elaborado por técnicos especializados em comércio exterior. Com uma carga horária média de 20 a 40 horas, as empresas são guiadas na preparação de um plano de exportação sob medida, fundamental para sua expansão no mercado internacional.

Com base em experiências anteriores, a meta é qualificar cerca de 20 empresas através do PEIEX Embarcado. “Essa qualificação visa não apenas impulsionar as exportações do setor, mas também fortalecer as empresas participantes, tornando-as mais competitivas no mercado global”, destacou a responsável pelo PEIEX, Rita de Cássia da Silva Albuquerque.

Parceria estratégica com o IBRAFE

A parceria com IBRAFE desempenha um papel crucial nesse projeto. O PEIEX Feijão e Pulses não só oferece capacitação especializada, mas também conta com o apoio contínuo do IBRAFE na criação, manutenção e aprimoramento da capacidade técnica das empresas envolvidas. Esta colaboração visa potencializar o desenvolvimento sustentável do setor, garantindo sua relevância no cenário global.

Empresas com CNPJ ativo e vinculadas à cadeia do Feijão, Pulses e Gergelim, associadas ao projeto Brasil Superfoods, têm a oportunidade de se qualificar por meio deste programa pioneiro.

“Com a combinação de capacitação especializada e parcerias estratégicas, a iniciativa visa não apenas expandir as fronteiras comerciais das empresas participantes, mas também consolidar a posição do Brasil como um importante player no mercado internacional de alimentos”, declarou Diretora de Relações Institucionais da APEX/IBRAFE , Najla Souza, que vê a parceria como mais uma estratégia em prol da diversificação e do crescimento na exportação de Feijões e Pulses brasileiros.

Mais
Notícias

Canarana teria se tornado o maior produtor mundial de gergelim
19/07/2024

Pato Branco/PR plantou menos área de milho e mais Feijão, mas produtividade do cereal foi maior do que a do grão
19/07/2024