Índia estende isenção de impostos para importação de ervilhas amarelas

Por: The Economic Time News,

23 de maio de 2024

Responsive image

O governo indiano anunciou a prorrogação do prazo para importações isentas de impostos de ervilhas amarelas por mais quatro meses, até outubro de 2024. A decisão, revelada por meio de uma notificação oficial, faz parte dos esforços de Nova Deli para estabilizar os preços no mercado de leguminosas.

Inicialmente, a isenção de impostos para ervilhas amarelas foi concedida até março de 2024, mas foi posteriormente estendida até abril e, em seguida, até junho. A medida foi implementada como parte da intervenção do governo para conter os preços no mercado global de leguminosas.

O imposto sobre as ervilhas amarelas foi originalmente aplicado em novembro de 2017, fixado em 50%. A Índia importa a maioria de suas ervilhas amarelas do Canadá e da Rússia, satisfazendo assim parte de sua demanda interna por meio dessas importações.

O país é tanto um grande consumidor quanto produtor de leguminosas, com variedades como Chana, Masur, Urad, Kabuli chana e Tur sendo as mais consumidas.

Recentemente, o governo central estendeu os limites de estoque para tur e urad dal até 31 de dezembro, como parte de seus esforços para manter a oferta estável e os preços acessíveis no mercado interno.

Dependência de importação

Apesar das medidas adotadas e dos incentivos oferecidos aos agricultores, a Índia continua dependendo das importações de Pulses para atender suas necessidades internas. As importações quase dobraram em 2023-24, totalizando 3,74 bilhões de dólares, com estimativas sugerindo um embarque superior a 4,5 milhões de toneladas no último ano financeiro, em comparação com 2,45 milhões de toneladas no ano anterior.

Fontes governamentais indicam que o governo está explorando a possibilidade de firmar contratos de longo prazo com novos mercados, como Brasil e Argentina, para importação de leguminosas, como parte de seus esforços para garantir a oferta interna e controlar os preços no mercado nacional.

 Fonte: https://economictimes.indiatimes.com/news/economy/agriculture/india-extends-duty-free-import-of-yellow-peas-by-four-months/articleshow/109856033.cms?from=mdr

 

Mais
Notícias

Canarana teria se tornado o maior produtor mundial de gergelim
19/07/2024

Pato Branco/PR plantou menos área de milho e mais Feijão, mas produtividade do cereal foi maior do que a do grão
19/07/2024