Crescimento da produção de grão-de-bico kabuli na Rússia impulsiona mercado global

Por: Pulse POD,

12 de junho de 2024

Responsive image

A combinação de preços elevados e uma forte demanda pelo grão-de-bico kabuli tem incentivado os agricultores russos a expandirem suas plantações nos últimos anos. Em 2023, a produção russa de grão-de-bico kabuli atingiu 528 mil toneladas, um aumento significativo em comparação com as 315 mil toneladas produzidas em 2022, representando um salto de 68%. Esse crescimento coloca a produção de 2023 cerca de 66% acima da média dos cinco anos anteriores, que foi de 319 mil toneladas.

Essa expansão pode se intensificar em 2024, especialmente se a Índia decidir abrir suas portas para as importações de grão-de-bico kabuli. Recentemente, o governo indiano suspendeu as tarifas sobre as importações de grão-de-bico desi, reconhecendo a necessidade de aumentar os estoques. Se os estoques de desi permanecerem incertos, o kabuli pode se tornar uma necessidade de importação para a Índia.

Perspectivas de mercado

O CEO da Global Garbanzo, Navneet Chhabra, comentou sobre o cenário positivo para os produtores russos de grão-de-bico kabuli. "Os preços do grão-de-bico kabuli russo, que normalmente variavam entre 30-40 rublos por quilo, agora estão entre 50-60 rublos. Com trocas cambiais favoráveis, os agricultores têm obtido grandes retornos nos últimos três anos. Isso, combinado com a menor disponibilidade global de grão-de-bico, levou a um aumento na área plantada na Rússia".

Chhabra também destacou o desempenho robusto do mercado russo. "Nos últimos três anos, a Rússia esgotou suas reservas anualmente, o que é um incentivo para aumentar a produção. Entre 200 e 250 mil toneladas vão para o mercado paquistanês anualmente, e cerca de 100 mil toneladas são exportadas para a Turquia, que redistribui para outros países, como Iraque, Jordânia e Emirados Árabes Unidos".

Impacto das políticas indianas

A recente remoção da tarifa de 66% sobre o grão-de-bico desi pelo governo indiano serve como um estímulo para os agricultores australianos aumentarem sua produção. Agora, há especulações de que a Índia também permitirá a importação de grão-de-bico kabuli da Rússia este ano como um substituto para o grão-de-bico desi. "Se esse boato se concretizar, a mensagem chegará rapidamente aos agricultores russos, e eu posso ver a produção russa atingindo no mínimo 700 mil toneladas em 2024. Como país, a Rússia tem o potencial de alcançar uma produção de 1 milhão de toneladas", acrescentou Chhabra.

Com uma perspectiva promissora para a expansão da produção de grão-de-bico kabuli na Rússia e uma demanda crescente no mercado global, especialmente na Índia, os agricultores russos estão bem posicionados para capitalizar sobre essas oportunidades nos próximos anos.

Com informações de Pulse POD

https://pulsepod.globalpulses.com/pod-feed/post/russian-kabuli-production-rises-135-percent-since-2020-pulse-atlas-data-in-focus

Mais
Notícias

Canarana teria se tornado o maior produtor mundial de gergelim
19/07/2024

Pato Branco/PR plantou menos área de milho e mais Feijão, mas produtividade do cereal foi maior do que a do grão
19/07/2024