Mercado com menor oferta nas fontes

Por: IBRAFE,

10 de junho de 2024

Responsive image

Durante a semana passada, vimos a valorização dos feijões carioca e preto. Com isso, ficou mais difícil comprar no campo. O volume disponível não é grande e, normalmente, quem tem feijão e vê os preços subindo espera para vender quando o mercado parar de subir. Nesse caso, pode acontecer de perder o melhor momento de negociar. Portanto, para os dois principais feijões que são negociados, pode ser estratégico ir vendendo enquanto há compradores no mercado. Lembrando que isso sempre acontece e, por menor que seja o estoque disponível, alguém sempre perderá o melhor momento de negociar.

Agora, começamos a observar a terceira safra que está plantada. Para saber como proceder nos próximos meses quanto à comercialização de feijão-carioca, é importante analisar o fluxo de colheita, o estoque e comparar com os dados do ano passado. Observe o gráfico e veja que:...

Mais
Boletins

Semana começa com queda de preços nas fontes
23/07/2024

Produtores armazenam olhando para o final do ano
22/07/2024

Goianos dão um basta
19/07/2024

Perdas em São Paulo não impedem recuo nos preços do Feijão-carioca
18/07/2024

Preço mínimo do Feijão desestimula o plantio
17/07/2024